O condutor do carro perdeu o controle da direção ao passar na ponte sobre o rio Perdido e capotou
Foram identificados como Jairo Ortiz, de 20 anos, João Lucas da Silva Neves, de 18, e José Henrique Duarte de Freitas, 20 anos, os três militares do Exército que morreram na tarde de sexta (9) em uma capotagem na BR-267, próximo a ponte do Rio Perdido, em Porto Murtinho - cidade localizada a 431 km de Campo Grande.
 
Ambos eram militares em Porto Murtinho, sendo que apenas Jairo era de lá, enquanto os outros dois jovens eram de Bonito. O trio seguia pela rodovia com destina à Murtinho em um veículo com mais dois ocupantes, que sobreviveram ao acidente.
 
O condutor do carro perdeu o controle da direção ao passar na ponte sobre o rio Perdido e capotou. Com o impacto, os três militares que estavam no banco de trás do carro morreram na hora.
 
Já os dois militares que sobreviveram foram encontrados às margens da rodovia e encaminhados para o socorro médico. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) precisou usar o desencarcerador para retirar os três corpos dos rapazes que morreram dentro do veículo.

Os cinco amigos saíram do quartel da 2ª Companhia de Fronteira e iriam passar o fim de semana em Bonito.

Fonte: Nyelder Rodrigues e Fernanda Yafusso - Campo Grande News


Deixe seu comentário