Shopping China está lotado de turistas no primeiro dia de Black Friday. (Foto: Divulgação)
O movimento de turistas brasileiros em Pedro Juan Caballero, Paraguai, surpreendeu lojistas nesta quarta-feira (7), primeiro dia de Black Friday Fronteira. A edição deste ano visou o feriado de 7 de setembro e a ação deu certo, pois o número de consumidores é 50% maior que na edição do ano passado, segundo organizadores.
 
No Shopping China, filas de pessoas se formaram com carrinhos do lado de fora tentando entrar na loja. O Centro da cidade também ficou lotado e segundo o presidente da Associação Comercial de Ponta Porã, Amaury Osório Nunes, não há lugar nem para estacionar.
 
"Há muito tempo não tínhamos um movimento como o de hoje e isso nos surpreendeu. Neste primeiro dia de Black Friday, o movimento já é 50% maior que na edição passada", avalia.
 
Nunes que tem comércio em Pedro Juan Caballero, afirma que já vendeu 30% a mais que em 2015. "São turistas e a maioria são de Campo Grande e Dourados. Há carros com placas de fora, mas são poucos".
 
Se a movimentação no comércio continuar assim até o fim de semana, é possível que a quantia movimentada em cinco dias de Black Friday, ultrapasse os R$ 200 milhões.
 
São 110 lojas participantes no Black Friday Fronteira e os lojistas prometem descontos de até 50%. O dólar está cotado entre R$ 3,35 e R$ 3,40. A promoção acontece dos dois lados da fronteira, Pedro Juan e Ponta Porã, porém, devido ao feriado nacional, as lojas brasileiras vão abrir apenas amanhã.

Fonte: Campo Grande News - Renata Volpe Haddad


Deixe seu comentário