Macaco-prego morreu eletrocutado em um padrão de energia elétrica. O animal foi encontrado na tarde dessa terça-feira (7), no Bairro Guarani em Corumbá, distante 444 quilômetros de Campo Grande.
 
Segundo informações do site Capital do Pantanal, moradores da região viram o macaco brincando em galhos de árvores frutíferas e nas lixeiras próximas do local.
 
Horas depois o animal foi encontrado morto no padrão de energia elétrica perto do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) da cidade. Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e retirou o macaco-prego do local.
 
Macaco-prego 
Existem 12 espécies conhecidas do gênero. Esses animais são muito ágeis, vivem no topo das árvores, onde passam a maior parte do tempo. Normalmente só descem ao chão para beber água ou para “atacar” plantações nos arredores da floresta.
 
Os macacos-prego vivem em bandos compostos por até 30 indivíduos, com maioria de fêmeas e com um macho dominante, que se comunicam através de assobios, gritos e chiados, entre outros tipos de sons e se reconhecem pelo cheiro. 
 
Esses animais costumam ser muito colaborativos entre si. Eles têm hábitos diurnos e uma alimentação variada, composta principalmente por frutas, sementes, ovos, pequenos vertebrados, aranhas e uma grande variedade de insetos.

Fonte: Midiamax


Deixe seu comentário