Vistoria de rotina resultou na apreensão celulares, carregadores e maconha.
Vistoria de rotina realizada por agentes penitenciários em celas do Estabelecimento Penal de Amambai (EPAm), na manhã de segunda-feira (12), resultou na apreensão de dois celulares, além de carregadores e de 300 gramas de maconha.
 
Segundo o diretor do EPAm, Alexandre Ferreira de Souza, a realização constante de revistas na unidade é de suma importância para a manutenção da disciplina. 
 
“Acreditamos que, com esses procedimentos rotineiros, é possível manter o controle de materiais ilícitos”, destaca. “E, graças ao empenho da equipe e ao trabalho de qualidade, iremos continuar evitando o uso pelos detentos de itens proibidos“, completa.
 
Já na Penitenciária de Dois Irmãos do Buriti (PDIB), os servidores apreenderam 740 gramas de maconha, que estava no pátio da unidade e possivelmente foi arremessada por cima da muralha. O flagrante ocorreu na manhã desta segunda-feira.
 
O diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do sistema Penitenciário (Agepen), Ailton Stropa Garcia, ressalta que o grande número de apreensões que vêm ocorrendo demonstra a preocupação por parte dos servidores penitenciários em garantir que esses equipamentos e substâncias proibidas não sejam utilizados pelos detentos. 
 
“Comprova o compromisso assumido por esses profissionais em buscar, continuamente, a segurança e a paz social”, destaca.

Fonte: Da Redação - Com informações assessoria


Deixe seu comentário